NOTÍCIAS

Postado em 07 de Agosto às 08h35

CREDENCIAMENTO DO CORRETOR É FUNDAMENTAL

    Credenciamento do corretor é fundamental na hora de adquirir imóveis
    Especialistas dão dicas para evitar possíveis dores de cabeça



    Está pensando em adquirir um imóvel ou terreno? Saiba que, além de escolher o bem que melhor lhe agrada, também é muito importante pesquisar sobre o corretor de imóveis e/ou a imobiliária que vai realizar a venda. No início de cada mês, costuma aumentar a procura por empreendimentos imobiliários, mas este é um momento que, segundo especialistas na área, exige pesquisa e atenção para que a pressa não se torne uma inimiga e traga problemas futuros.
    O presidente do Sindicato da Habitação do Sul de Santa Catarina (Secovi Sul/SC), Helmeson Cesar Machado, defende que habilitação e confiança são predicados fundamentais na hora de escolher um bom profissional. “Diversos problemas podem ocorrer durante a transação de um bem imóvel, mas, geralmente, os mais comuns estão relacionados com a má índole de corretores de imóveis. No mercado atual existem muitos profissionais que não estão devidamente habilitados para essa função”, alerta Machado.
    Entre as possíveis dificuldades que o cliente pode passar, o presidente destaca o seguinte: corretor não credenciado junto ao órgão fiscalizador (Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Santa Catarina – Creci-SC); venda de imóveis sem escritura ou imóvel fora das condições de comércio, com problemas na matrícula, como em casos de penhora, hipoteca ou alienação; desaparecimento do corretor durante o andamento do negócio, levando parte do dinheiro investido; contrato mal feito, o que não garante a conclusão do negócio; além de informações enganosas sobre o profissional ou o imóvel.
    O delegado regional do Creci/SC 11ª Região, Valmir Goulart Junior, afirma que “a nossa “arma” contra esses golpes é a informação. Acreditamos que, quanto mais esclarecidas as pessoas estiverem, mais cuidados e atenção elas terão ao negociar um imóvel, seja pela Internet ou não”. Confira abaixo algumas dicas do órgão para evitar grandes dores de cabeça:

    - Certificar-se de que o profissional que está fazendo a oferta é realmente um corretor de imóveis credenciado junto ao Creci e exigir dele o documento de identificação profissional expedido pelo Conselho;

    - Evitar negociar com pessoas na rua que portam chaves, placas e cartazes com anúncios de imóveis;

    - Desconfiar quando o preço do imóvel for muito inferior à média do mercado;

    - Ter cuidado ao repassar dados pessoais pela Internet (somente repasse estas informações após se certificar de que o corretor de imóveis e/ou a imobiliária são credenciados junto ao Creci);

    - Exigir sempre o recibo e o contrato junto com o Termo de Vistoria, pois o único meio para evitar um mal entendido é documentar a transação.

    Goulart Junior ressalta que, além deste trabalho de orientação, desde 2009, o órgão mantém, junto a Secretaria de Segurança Pública de Santa Catarina (SSP/SC), com a interveniência das polícias Militar e Civil do estado, um convênio que objetiva a cooperação na prevenção e repressão ao exercício ilegal da corretagem de imóveis, no território catarinense. “O convênio prevê que a SSP/SC, juntamente com o Creci-SC, fiscalize, de forma integrada, o exercício ilegal da profissão de corretor de imóveis no estado”, completa.

     

    Veja também

    Dia do Síndico é marcado por jantar de confraternização28/11/16 Evento foi promovido pelo Secovi Sul/SC, nesta quinta, em Criciúma Quase 250 síndicos de condomínios de todo o Sul catarinense participaram nesta quinta-feira, dia 24, de jantar comemorativo promovido pelo Sindicato da Habitação do Sul de Santa Catarina (Secovi Sul/SC). O evento aconteceu no Centro de Eventos Germano Rigo, em Criciúma. Sorteios de brindes,......

    Voltar para NOTÍCIAS